O vazamento de trocas de mensagens via Telegram entre procuradores da Lava-Jato e Sergio Moro já está movimentando os partidos de esquerda.


A bancada do PSOL na Câmara, por exemplo, vai apresentar um requerimento para que Moro explique na CCJ e no plenário as trocas de mensagens reveladas pelo "Intercept Brasil".


O pedido terá que ser aprovado pela maioria dos deputados da Casa.


O PSOL também avalia que Moro tornou insustentável sua permanênvcia no cargo de ministro da Justiça. Diz Marcelo Freixo:


— Os relatos de que suas funções foram misturadas com funções políticas é muito grave. E ele ter virado ministro agrava ainda mais a situação, é insustentável.


O PSOL também quer que o Conselho Nacional do Ministério Público investigue a conduta de Deltan Dallagnol e os outros procuradores da Força Tarefa da Lava Jato.

 

Por: Lauro Jardim