Pouco menos de um ano da estreia no comando da Seleção Brasileira e o mesmo adversário: o Equador. As coincidências de Tite na equipe nacional parecem que não se resumirão a isso. No treino desta terça (29), no Beira-Rio, em Porto Alegre, o técnico repetiu a mesma equipe que venceu os equatorianos em setembro do ano passado por 3x0, em Quito.


Para a partida de quinta (31), uma única mudança em relação à equipe que ele vinha usando nas Eliminatórias para a Copa do Rússia-2018 e principais amistosos: Willian voltou à condição de titular no lugar de Philippe Coutinho. A mudança não parece nem tática e nem técnica, mas atrelada à condição médica-psicológica do meia do Liverpool. Envolvido numa possível negociação com o Barcelona, Coutinho não vem atuando pelos Reds por conta de dores nas costas. No entanto, o departamento médico da Seleção não detectou qualquer lesão e acredita que as dores são fruto do estresse da negociação. Ainda assim, Coutinho trabalhou no time reserva.


Os titulares tiveram: Alisson, Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Marcelo; Casemiro; Willian, Paulinho, Renato Augusto e Neymar; Gabriel Jesus. A Seleção enfrenta o Equador na Arena do Grêmio, às 21h45 de quinta (31). Depois parte para Barranquilla, na Colômbia, onde joga contra a Colômbia na terça (5/9). A equipe nacional lidera as Eliminatórias e já está garantida no Mundial do ano que vem.