Na tarde desta sexta-feira, 1º, a Polícia Civil realizou uma entrevista coletiva na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) para detalhar a apreensão do autor dos cinco disparos que vitimaram a sargento PM Eliana Costa da Silva, 46 anos, vítima de latrocínio ocorrido nessa quinta-feira, 31, no conjunto Orlando Dantas, na capital sergipana.

Após a identificação de que o autor do latrocínio é um adolescente de 13 anos, a Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) passou a conduzir as investigações, realizando diligências e localizando o adolescente que foi apreendido em uma residência no bairro 17 de Março, em Aracaju.


Segundo informações da delegada Viviane Pessoa, responsável pela Coodenadoria de Polícia Civil da Capital (Copcal), o adolescente confessou o ato infracional e declarou que efetuou os cinco disparos contra a policial porque os dois entraram em luta corporal. Ele ainda declarou que jogou a arma e o aparelho celular da vítima na maré, nas proximidades da rua Beira Rio.

 

"Apesar de não ter passagem pela polícia, ele já é conhecido pelos policiais por ser problemático. É um garoto de 13 anos e a gente não imagina que vai acontecer uma situação dessa complexidade. O irmão dele foi preso na semana passada, mas ele não tinha passagens policiais”, destacou.

 

Diante do caso, o adolescente foi apresentado ao Ministério Público e ao juiz de plantão, e será encaminhado à Unidade Socioeducativa de Internação Provisória (USIP). As investigações continuam com o objetivo de localizar a arma utilizada no ato infracional.

 

Sargento Eliana - Natural de Pão de Açúcar, Alagoas, a sargento Eliana integrava a Polícia Militar desde 1993, época em que foi soldado e logo em seguida sargento. Integrou na Companhia de Polícia Feminina ainda nos anos 90 e desde 1998 estava lotada na Assistência Militar da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). A militar partiu deixando marido e dois filhos.

 

SSP/SE