A Polícia Federal apreendeu, na madrugada do dia de hoje, no Posto Fiscal de Cristinápolis, 321 kg de maconha e 1 fuzil em caminhão oriundo de São Paulo/SP. Um homem foi preso.

Em fiscalização de rotina no Posto Fiscal da Receita Estadual, após abordagem de um caminhão, o motorista informou que transportava sacos plásticos, entretanto, a diferença entre a quantidade de notas fiscais apresentadas e o peso da carga do veículo de mais de 6 toneladas chamou a atenção da equipe. Indagado sobre a existência de bagagem diversa, o homem contou que transportava também confecções adquiridas no Bairro Braz em São Paulo destinadas a Caruaru/PE.


Após acionada, a Polícia Federal vistoriou o caminhão e encontrou o entorpecente acondicionado em forma de tabletes no interior de 15 caixas de papelão coberto por lona, em meio à carga plástica lícita, na carroceria do veículo, bem como um fuzil. Foi então vos de prisão ao motorista, que não ofereceu resistência nem esboçou qualquer reação.


Durante o interrogatório, o preso confessou ter recebido R$ 300 para transportar o “complemento”, alegando desconhecer que se tratava de droga e de arma restrita. Foi o terceiro fuzil apreendido este ano pela Polícia Federal.


Instaurou-se inquérito policial a fim de se esclarecer a propriedade, o destinatário da droga e da arma e outros envolvidos no caso. O detido foi autuado por tráfico interestadual de drogas e porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito (crime hediondo) e encaminhado ao Sistema Penitenciário do Estado, permanecendo à disposição da Justiça Estadual.


A parceria com outras instituições continuará visando coibir o tráfico de drogas e armas no Estado, bem como desmantelar facções criminosas, entre outros crimes correlatos.

 

PF