A Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Estância deflagrou uma operação que resultou na prisão de Edvânio Nascimento Santos, de 41 anos, acusado de pedofilia, e na apreensão de aparelhos eletrônicos deste.

A ação ocorreu nessa quinta-feira, 14, em Estância, e teve o apoio da Seção de Inteligência da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core).


De acordo com a delegada Gisele Martins, responsável pelas investigações, a prisão de Edvânio, que já atuou como falso pastor, foi motivada pela denúncia feita pela mãe de uma das vítimas. A partir daí, a delegacia realizou levantamentos durante o mês de fevereiro, constatando que o homem aliciava crianças e adolescentes pelas redes sociais e chegou a encontrar algumas destas pessoalmente.


Após tal entendimento, foi solicitada à justiça a prisão temporária de Edivânio e prontamente atendida. Ontem, a DAGV, com a parceria do Core, prendeu o infrator e apreendeu aparelhos eletrônicos, para perícia. No momento, a Polícia Civil trabalha para identificar novas vítimas. A operação também teve o apoio da Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol).

 

SSP