Após operação realizada na manhã da última sexta-feira, dia 16, com o apoio da Divisão de Inteligência da Polícia Civil, Policiais Civis da Delegacia Regional de Estância capturaram Talles Henrique Silva Santos, 22 anos, dando cumprimento a mandado de prisão preventiva.

A captura se deu no momento em que o criminoso tentava se evadir do Estado de Sergipe para a Bahia, tendo a prisão sido efetuada na cidade de Cristinápolis.


Na terça-feira, dia 13, os Policiais Civis de Estância já haviam dado cumprimento a mandado de prisão contra Felipe Victor dos Santos, que, segundo testemunhas, auxiliou Talles Henrique na prática do crime.


Segundo apurado, no último domingo, dia 11/06, por volta das 21h, ocorria uma festividade relativa a cavalgada de Santo Antônio, no Centro de Estância, momento em que Talles Henrique, de posse de uma arma de fogo calibre 38, avistou os desafetos Abini Costa Freire, Algislan Mendes e Tiago Santos e decidiu executá-los na Praça Orlando Gomes, sem se preocupar com a grande concentração de pessoas que havia no local.


Talles contou com a ajuda de Felipe Victor, que, segundo testemunhas, caminhou em direção das vítimas disfarçando a aproximação de Talles, que se dirigia logo atrás dele abaixado, impedindo que Abini e os demais vissem sua aproximação. Chegando próximo às vítimas, Felipe desviou seu trajeto, abrindo caminho para Talles efetuar os disparos.


Talles então efetuou seis disparos de arma de fogo em direção de Abini e seus amigos Tiago e Algislan, atingindo a Abini, que foi internado em estado grave no Huse. Evely Luany de Jesus, de 16 anos, que também foi internada no Huse e passou por cirurgia, Márcia Cristina dos Santos, de 43 anos, Tawana Tamiris Santos Silva, de 26 anos e, de maneira fatal, Joice São Pedro dos Santos, de 16 anos de idade.


Tanto Joice, como Márcia e Tawana, não se encontravam na companhia de Abini e seus amigos, mas apenas nas proximidades do citado grupo, tendo sido atingidas pelos disparos que Talles desferiu contra Abini, Tiago e Algislan.


O motivo do crime está relacionado a uma briga havida entre Talles e Algislan no Carnaval do ano passado (2016), ocasião em que eles discutiram, entraram em vias de fato e o indiciado ameaçou a citada vítima de morte, bem como seus amigos Abini e Tiago.


Talles, dias após tal fato, viajou para São Paulo, retornando para Estância neste ano, quando decidiu cumprir a ameaça que havia feito.


Talles Henrique confessou a prática do crime, dizendo, porém, que praticou o crime por estar também ameaçado de morte.


Talles e Felipe responderão pelo homicídio praticado contra Joice, bem como pelas tentativas de homicídio praticadas contra as demais vítimas.


Os dois presos foram encaminhados para a 4a DM da cidade de Aracaju, de onde serão recambiados para estabelecimento prisional do estado.


Da Gazeta de Estância.com.br
Com informações da Derpol