Sempre dialogando com o Sindicato dos Servidores Municipais de Estância (SIDSEME), o prefeito Carlos Magno (DEM) acompanhado dos secretários de Finanças, Administração e representantes da Procuradoria, se reuniram na sala de reunião do Paço Municipal, na última segunda-feira, 07, com o referido sindicato para negociar o auxílio-alimentação de R$ 300 reais, para aproximadamente 90% da categoria.

O presidente do SINDSEME, Carlito Lemos, destacou o objetivo de garantir o direito ao cidadão público do município. “A partir do direcionamento, da última mesa, essa reunião já estava agendada para que pudéssemos avançar no que diz respeito a definição do auxílio-alimentação e também cobrar do próprio governo todo pagamento do retroativo oriundo dos quatro meses do reajuste. Objetivando a garantia do auxílio, o sindicato apresentou a proposta de desoneração da folha de pagamento, para garantir recursos e pagar o mesmo.”

 

Ficou acordado que a procuradoria fará o possível para finalizar o projeto até nesta sexta-feira,11, e poderá ser protocolado até segunda-feira,14, na Câmara Municipal. O governo municipal não vai medir esforços para garantir o pagamento no mês de julho. “Nós não vamos medir esforços para concretizar o que foi negociado”. Disse o Secretário de Administração Erivander Aquino.

 

Redação Gazeta de Estância.com.br