A deputada Estadual, Ana Lúcia (PT), explicou na manhã de segunda-feira, dia 23, numa entrevista na emissora de rádio da capital, o que foi discutido na Conferência Estadual da tendência petista Articulação de Esquerda, que aconteceu no sábado, dia 21, em Aracaju.

Ana Lúcia disse que defende que o Partido dos Trabalhadores (PT) tenha candidatura própria para o pleito de 2018 e nega marchar com o governador Jackson Barreto (PMDB).

 

Durante sua explanação, a deputada coloca os nomes que a AE decide como pré-candidatos:

 

Professor Dudu, disputar o governo do Estado;

Professor Joel, disputar o Senado;

Professora Ângela, pré-candidata à Câmara dos Deputados;

Professor Iran, apresentado como pré-candidato à Assembleia Legislativa.


Da Gazeta de Estância.com.br