Uma fonte fidedigna revelou que a oposição bateu o martelo e a chapa para Governo em reação ao lançamento do nome de Belivaldo, no Instituto Histórico no último sábado, em Aracaju, pode ser o senador Eduardo Amorim será o candidato da oposição ao governo do Estado e o ex-prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Fábio Henrique, foi o vice escolhido.


Para o senado: O PSB vem muito forte com o senador Valadares e Pastor Heleno do PRB, surge em franca ascensão. O nome de André Moura vai à reeleição para Deputado Federal.


Com essa decisão, a oposição traz o PRB de Ivan Leite, que deverá ser suplente ao senado de Valadares ou Pastor Heleno, e fortalecida com o PDT de Fábio Henrique que é filho de Simão Dias, uma resposta clara a indicação odienta de Jackson do nome de Belivaldo, outro simãodiense.


As escolhas não foram aleatórias, a oposição na região do Auto Sertão vem forte em cidades principais como Canindé, Glória, Poço Redondo e Ribeirópolis, onde Pastor Heleno tem uma maior influência e na região centro-sul, o ex-prefeito Ivan Santos Leite, indiscutivelmente, é um nome sólido e respeitado, muito forte, principalmente em Estância, além de cidades como, Itabaianinha, Tobias Barreto, Umbaúba e Boquim, como referências. A quem diga que Ivan leite foi preterido por Jackson Barreto em suas pretensas aspirações políticas. Já o nome de Fabio Henrique, além de desmontar Belivaldo em Simão Dias, tem um peso muito grande na grande Aracaju, destaque para a cidade de Nossa Senhora do Socorro da qual foi prefeito por dois mandatos.


O embate já começou, só falta data para o anúncio da chapa oposicionista. A quem entendia que a chapa ideal seria o nome do senador Antonio Carlos Valadares para governador e o ex-prefeito de Estância, Ivan Leite, como vice. Enquanto a chapa não for oficializada, segue tudo em aberto. É assim a política, a pressa na política é fatal para um desastre eleitoral.


Por Antônio Barbosa