O Juiz de Direito Civil da Comarca de Estância, Dr. Valter Ribeiro da Silva, de 70 anos, se despediu da vida judiciária no início da noite de ontem, 22, no Auditório do Fórum Ministro Heitor de Souza, onde deixará sua marca com um grande legado de boas ações.

A solenidade contou com a presença de Familiares, amigos, empresários, políticos, advogados, imprensa e a sociedade civil organizada.


O Juiz contribuiu com o desenvolvimento da cidade por mais de 30 anos. O mesmo lutou para o não fechamento de indústrias, como também interviu para o não fechamento do HRAM. Valter Ribeiro se preocupou com o lado social para o progresso do município, muitas das vezes presidiu cerimônias de casamentos. E sempre teve como marca, um espírito conciliador.


Um dos interventores do HRAM, Zé Magno, relatou que o Juiz Valter Ribeiro foi uma das pessoas que mais se dedicaram para que o Hospital, que é patrimônio do povo estanciano, não fechasse as portas. “Ele doou a vida e a saúde pelo HRAM”.


Dr. Valter deixará saudades à frente do Poder Judiciário.


Da Gazeta de Estância.com.br