Nesta terça-feira, dia 9, o deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) observou que para que o vice-governador e pré-candidato ao Governo do Estado, Belivaldo Chagas, troque o MDB pelo PSD, o que acredita ser o caminho para uma arrumação dentro do bloco governista, é haver uma conversa com o próprio MDB e com o governador Jackson Barreto.

“Para que isso possa ocorrer de forma natural. O PSD acredita que pela sua importância deve estar na chapa majoritária. A gente quando faz o convite a Belivaldo Chagas está abrindo mão de ter um nome nosso para abraçar um companheiro e acomodar todo grupo. Se o agrupamento não aceitar, o PSD continuará buscando seu espaço na majoritária. A ideia é de mostrar que temos a melhor chapa e debater com a sociedade. A gente tem que aguardar quem é candidato ou não, a arrumação dos partidos para ter uma definição mais clara”, disse.


Fábio também comentou a busca do governador pelos votos a favor da reforma da previdência, o que resultaria na liberação do empréstimo de R$ 560 milhões junto à Caixa Econômica Federal. Segundo o deputado, a sua opinião contrária à reforma tem o respeito do governador.


“Ele nem tentou me impressionar porque sabe que não adiantaria. O vice governador Belivaldo também deu uma declaração essa semana que é corretíssima. O voto é do deputado. Minha posição está muito clara e não adianta argumentar. Nem os votos da oposição André tem. Aí quer que a gente resolva do lado de cá? Nos olhos dos outros é refresco”, disse.


com informações da Fan FM