O rei sou eu


Após vetar importantes emendas ao projeto do orçamento de 2018, apresentadas pela oposição, o prefeito de Laranjeiras, Paulão das Varzinhas, “abuletado” no prédio colonial da prefeitura, justificou a sua posição dizendo que, “em que pese a compreensível preocupação dos nobres edis com as questões contidas nas emendas, as suas disposições padecem de inconstitucionalidade formal e material e afrontam o princípio da separação dos Poderes”. Clássica forma de vetar por vetar, projetos que beneficiariam o povo.


Numerologia interessante


Durante a semana que passou, dois fatos ganharam espaço na mídia. A visita do ministro das cidades, Alexandre Baldy, e o apoio de prefeitos a Belivaldo Chagas. No primeiro caso, o deputado André Moura calculou que 65 prefeitos iriam beijar a mão de sua excelência. Já os aliados do vice-governador contabilizavam 45 prefeitos apoiando a sua candidatura ao governo. 65 e 45 são os números de dois partidos antagônicos, momentaneamente. Só jogando as cartas para decifrar essa incógnita.


A vida por um fio


Em poucos dias, duas pessoas morreram eletrocutadas por fios de alta tensão da ENERGISA, caídos em via pública. A falta de manutenção pode ter sido a causa desses lamentáveis acidentes. Quando envia aviso de corte por uma conta com um dia de vencida, a empresa age com a velocidade da luz. Já para consertar a rede, age como um poste. Lamentável!


Bote o dedo


O eleitor que não teve a sua biometria reconhecida na última eleição deve procurar o cartório eleitoral da sua zona para fazer o recadastramento. Esse procedimento só poderá ser feito até o dia 8 de maio.


Mudança à vista


Ao assumir o Governo, Belivaldo Chagas dará uma nova cara ao secretariado. Não há mais dúvidas que fará algumas mudanças de auxiliares para melhor adequação ao seu estilo de governar. Vai trocar alguns secretários e é praticamente certo ter cara nova no comando do BANESE.


Tô em Dia


Esse deve ser o nome do Bloco Carnavalesco de determinadas prefeituras sergipanas, neste carnaval. Isso porque, o Tribunal de Contas já deu o “seu grito de guerra”, alertando que aquelas que estiverem com salários de servidores atrasados não devem e não podem fazer carnaval.


O dreno do Breno


O vídeo de um homem hospitalizado agradecendo a interferência de Breno (genro do secretário Almeida Lima e pré-candidato a deputado estadual) pela sua internação e procedimento cirúrgico, pegou mal para o Governo. Escancarou, de vez, o uso da máquina em favor da sua candidatura e irritou aliados, adversários e outros bichos. Será que o “bicho” vai pegar?


Nem tudo são flores


Ao homenagear Ilha das Flores pela sua emancipação política, ocorrida no último dia 30, o secretário de Turismo, Fábio Henrique, postou, nas redes sociais, uma foto de Neópolis. Mesmo com o reparo feito de imediato, a turma da Ilha ficou “por aqui”.


Meio a meio


Segundo a prefeita de Capela, Silvany Sukita, o Governo do Estado não está pagando o transporte dos estudantes universitários capelenses que se deslocam para Aracaju. Por isso, fará um cadastramento de todos os alunos para dividir, com eles, o custo da viagem. No frigir dos ovos, os estudantes vão pagar somente meia passagem. Interessante...


É rim, viu?


Enquanto o deputado André Moura estava todo prosa, ao lado do ministro das Cidades, de Edvaldo Nogueira e de Jackson Barreto, liberando milhões para Aracaju, o senador Eduardo Amorim estava visitando o Hospital do Rim, em São Paulo. Acredita que “rim melhor quem rim por último”.


Grande líder


No último dia 31, o lagartense Rosendo Ribeiro Filho completou 90 anos e foi homenageado pelos amigos e familiares. Ribeirinho foi vereador e Prefeito de Lagarto de 1963 a 1966. Deputado Estadual por cinco vezes e ocupou todos os cargos da Mesa, inclusive presidente. Um homem de bem e de palavra.


Por: César Cabral - 37ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.