Na próxima segunda-feira, dia 5, a partir das 18h, na sede do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, a tendência Articulação de Esquerda (AE) realiza um Ato Público em defesa de uma candidatura própria do partido ao Governo de Sergipe. A proposta da Articulação de Esquerda é baseada na defesa de um programa democrático e popular e de retomada do protagonismo do PT na política estadual.

“O PT só tem a ganhar com candidaturas majoritárias próprias: primeiro, porque há chances de vitória. Segundo, porque agregará a base do partido. Terceiro porque demarcará campo com os golpistas assumidos e com os que fazem jogo duplo, como é o caso do PMDB de Jackson Barreto. Quarto porque Sergipe terá uma candidatura majoritária conectada com a campanha de Lula à presidência”, aponta Professor Dudu, pré-candidato ao Governo.


Para o professor Joel Almeida, que é pré-candidato ao Senado, é fundamental que o PT desfaça a aliança com Jackson Barreto e o MDB. “O governo Jackson tem sido um dos piores governos da história de Sergipe. Não dá mais para o PT ser aliado de um governo que apoiou veladamente o golpe e pratica todas as políticas de desmonte do Estado vindas do governo ilegítimo de Michel Temer. O PT tem história e para fazer jus a essa história precisa desfazer essa aliança e apresentar candidaturas próprias em Sergipe” defende.


Como método


de defesa da candidatura ao Governo de Sergipe, a Articulação de Esquerda busca dialogar não somente com a militância do PT, mas com os movimentos sociais, sindicais, estudantis, culturais e de juventude. A AE acredita que a proposta, que vem ganhando adesões dentro e fora do PT, já surte efeitos, vide pesquisa de opinião divulgada essa semana que cita Professor Dudu e Professor Joel Almeida como pré-candidatos com intenção de voto.


Da assessoria