Boi de presépio

 

O super secretário Almeida Lima, de repente e mais que de repente, virou peça decorativa no Governo de Belivaldo Chagas. Sem que o mesmo fosse ouvido, Belivaldo trocou todas as peças-chave da Secretaria, inclusive até quem toma conta do cofre. Isolado e sem ter quem lhe dê ouvidos, Almeida está, praticamente, enclausurado no Palácio que ele próprio construiu, na avenida Rio de Janeiro, assistindo a banda passar.

Inegavelmente, de temperamento empreendedor e mandão por natureza, ninguém entende como Almeida se permite ficar assim, engessado dos pés até a cabeça. Será que também está anestesiado? Até parece, sem dúvida.

 

Eu daqui não saio

 

Ardiloso, Almeida Lima se faz de morto pra pegar o coveiro. O que se passa em sua cabeça, ninguém sabe. Mas, sinceramente, trata-se de uma situação bastante inusitada. A secretaria já deixou ele mas, ele não deixa a secretaria. Até quando, só o tempo vai dizer.


Viúvas do Lula

 

Muito preocupante a insistência de parlamentares ligados ao ex-presidente Lula em, reiteradas vezes, atacar a Justiça brasileira desqualificando as decisões de Primeira e Segunda Instâncias, que colocaram o seu “líder” atrás das grades. Quando um deputado federal ou um senador da república achincalha e põe dúvida sobre a Suprema Corte é sinal de que já passou da hora de passar a régua. Em tudo.

 

Amarradinha

 

A prefeita de Aparecida, Vera Souza (MDB) é mais uma que, este ano, vai acender um candeeiro de dois bicos. Para o senado, votará em Jackson Barreto (aliado antigo) e André Moura. O resto, bem o resto vai depender das conversas que está mantendo visando eleger como seu sucessor, em 2.020, o seu cunhado Clarinaldo Andrade. Apoio só se for casado. Por enquanto, tudo é possível.

 

Lotado

 

O gabinete do senador Eduardo Amorim, em Brasília, anda sempre cheio de políticos. Recentemente, numa tacada só, abriu as portas para os Pastores Heleno Silva e Jony Marcos (ambos PRB), a vice-prefeita de Itabaianinha, Janier Mota, e os vereadores Fabricio Neto (Dores), Maraysa de Ancelmo (Glória) e Arielle Matos (Glória). Amorim está animadíssimo com as visitas e com as pesquisas.

 

Tarrafada

 

Visando coibir o nepotismo cruzado, a vereadora de Propriá, Dilma da Colônia (SD), apresentou Projeto de Lei proibindo a Prefeitura de nomear parentes do prefeito e dos vereadores, em Cargos Comissionados. A tarrafa da vereadora atinge peixes de vários tamanhos, pois, até então, essa prática vem sendo realizada em vários setores. Além das piabas, tem tambaqui, xira, piau e até surubim. Espera-se que os vereadores aprovem a propositura evitando o defeso dessas e de outras possíveis espécies.

 

Haja peixe

 

E por falar em peixe, na quarta, dia 2, a prefeitura de Pirambu fará peixamento na Lagoa do Sangradouro, no povoado Lagoa Redonda, quando serão soltos 100 mil alevinos de diversas espécies. Por lá estarão o prefeito, Hélio Martins, vereadores, secretários além do deputado federal André Moura e do presidente Nacional da Codevasf, Antônio Avelino, que, como “peixe grande”, vai soltar os alevinos.

 

La même chose

 

O Governo do Estado começa o pagamento dos servidores neste sábado. Inicialmente, recebem os servidores da Educação lotados em escolas. Da mesma forma, como no Governo anterior, o pagamento dos demais e dos aposentados será divulgado a posteriori.

 

Parabéns, Maruim

 

Maruim comemora no próximo da 5 de maio, 164 anos de emancipação. No início do século XX era o município com maior arrecadação para a Província. Dado a sua importância econômica, foi visitado, em janeiro de 1860, pelo Imperador D. Pedro II, que desfilou pela rua das Pedras com a Imperatriz Tereza Cristina e comitiva.

 

Dos malas, o pior

 

De todos os bandidos envolvidos na Lava Jato, o empresário Wesley Batista é, talvez, o mais perigoso. Agora, revela que uma outra mala foi entregue a um outro investigado. Esse “Malaquias” é perdido!


Por: César Cabral - 47ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.