A Petrobras pode desativar o campo de Piranema, localizado no litoral Estanciano. A estatal segue desmontando aos pucos os equipamentos no Estado de Sergipe, prometendo fechar algumas plataformas marítimas.


O que atinge ao município de Estância, é mais do que nunca a venda do campo de piranema no litoral. Apesar de visível o prejuízo à economia sergipana, a classe política pouco tem se preocupado com estranho e silencioso enxugamento econômico da Petrobras no Estado.