“Amigo, por favor leve esta carta, entregue àquele ingrato e diga como estou”... Este ano vai ser igual àquele que passou, sem dúvida. Durante a campanha eleitoral, as mesmas baixarias e as já conhecidas agressões de todos os lados. Por falta de propostas, essa é sempre a saída. Agora, aqui pra nós, invocar os mortos para atacar candidato é novidade.

A suposta carta psicografada pelo médium Divaldo Franco, como sendo de Marcelo Deda para Jackson Barreto, acabou chegando na caixa postal da Polícia. Como o vidente já desmentiu qualquer participação nessa missiva, não é difícil se chegar à conclusão de que o verdadeiro remetente é, literalmente, um “espírito de porco”, que pagará por isso. Calma, estamos só no começo. Vem coisa pior por aí.

 

O encosto

 

Jackson Barreto não desgruda do governador Belivaldo Chagas. Lado a lado, segue os seus passos 24 horas por dia e faz campanha na mesma pegada. Como carne e unha, consegue sempre carona na máquina governamental. Recentemente, emplacou três CCs para uns amigos de Renato Brandão, lá de Propriá.


Boca fechada


O secretário da Fazenda, Ademário Alves, não esconde que pegou os cofres do Estado em petição de miséria. Fechou a boca do jacaré para tentar pagar os fornecedores que estão a ver navios. Belivaldo está apertando o quanto pode. O problema é que o Estado deve a muita gente. Imaginem que até aqueles bonecos da rua da frente ainda não viram a cor do dinheiro. É mole?

 

Alta tensão


Não é bom o clima entre o Governo do Estado e a Energisa, depois que a concessionária cortou a luz de algumas repartições. O porta-voz do Palácio agiu como um “transformador” e disse que o Estado não deve nada à empresa. Esta é quem deve, ao Governo, alguns milhões de ICMS. Ora, se a Energisa corta, por que o Governo não executa? Tem fio decapado nesse quadro.

 

Viva São Pedro


Neste final de semana Capela realiza a sua grande festa. Mesmo devendo muita coisa do São Pedro do ano passado, a prefeitura conseguiu, na Justiça, manter o evento. Cronologia na hora de pagar é algo que não existe por lá. Os órgãos fiscalizadores, com medo dos busca-pés, deixam o negócio correr frouxo.

Mudança de rumo


Eliane Aquino não será candidata a vice-governadora. Sempre quis voltar para Brasília e tentará regressar ao planalto como deputada. Setores do PT querem isso.


Chapas em branco


As vagas de candidatos a vice-governador(a) estão abertas em todos os partidos. Belivaldo Chagas, Valadares Filho, Eduardo Amorim e Mendonça Prado, principais concorrentes, ainda não definiram esses nomes. Nos próximos dias teremos novidades.


Não é bem assim


O vereador Américo de Deus (Rede) avisa que quando vai à SMTT apresentar demandas o faz em nome do povo, do qual é representante. Não se vê como oposição nem como situação. Todavia, ele mesmo sabe que a banda não toca assim.


Turistando


O ex-prefeito de Rosário do Catete, Laércio Passos, assumiu a Secretaria de Turismo que antes já fora dirigida por Fábio Henrique, também ex-prefeito. Sem dinheiro pra nada, Laércio deve promover o turismo religioso, realizando uma romaria de Rosário ao Monte Carmelo, em Carmópolis. Bota fé que dá pé!


Boi da cara preta


Comenta-se em Itabaiana que toda essa pendenga envolvendo o Matadouro Municipal decorre de questão política. O “modus operandi” ocorre há anos e anos sem que houvesse, até então, nenhum questionamento. Para normalizar a situação, já está em curso a criação de uma cooperativa para assumir a administração, dentro dos conformes.


Acabou a moleza


O STF sepultou, de vez, a obrigatoriedade da contribuição sindical imposta aos trabalhadores brasileiros. A decisão foi baseada na Reforma Trabalhista ocorrida recentemente. A contribuição passa a ser de livre arbítrio pelo trabalhador que decidirá, livremente, se quer ou não contribuir com esse ou aquele sindicato. Tá certo.


Pensando bem


Se a Energisa deve, realmente, R$ 160 milhões ao Estado, então, pra que tomar R$ 100 milhões emprestado? Basta cobrar.


Por: César Cabral - 54ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.