O juiz do TRE, Marcos Antônio Garapa de Carvalho, relator do Agravo apresentado pela defesa de Manoel Messias Sukita, não acatou os argumentos e manteve a sua inelegibilidade cujo voto foi acompanhado pelos demais membros da Corte.

Para o magistrado, o recurso deveria ser apreciado pelo TCE a quem cabe efetuar revisão de prestação de contas. Dessa forma, o pedido de registro da candidatura de Sukita a deputado federal deverá ser analisado pelo plenário do Tribunal Regional Eleitoral nos próximos dias.


Erro médico


O prefeito de Neópolis, Dr. Luizinho e o seu vice, Miguel Lobo, tiveram os mandatos cassados pelo TRE em virtude de que, como candidato, o Dr. Luizinho atendeu vários pacientes, de graça, em sua residência ou nos domicílios dos eleitores. A Justiça entendeu que a atitude configurou vantagem ao eleitor objetivando angariar votos. Após o julgamento do provável recurso é que os mesmos poderão ser afastados, efetivamente, dos cargos.


Cala-te boca!


Muitos prefeitos estão “por aqui” com Jackson Barreto depois que ele falou que “se o apertassem, diria o que os prefeitos fizeram com o dinheiro do transporte escolar”, referindo-se a ‘Operação Marcha á Ré”, que investiga desvio de recursos na Educação. Por conta disso, JB teve que prestar esclarecimentos na Polícia Federal. Na hora H, não disse créu com créu.


Rebuliço no PT


Setores do Partido dos Trabalhadores não votarão em Jackson Barreto nem em Belivaldo Chagas. Ligados ao SINTESE, esses militantes petistas já declararam que votarão em candidatos do PSOL. A nota do Partido, desmentindo essa dissidência, não passa de uma nota, só.


Inscrições abertas


Estão abertas até as 18 horas do dia 1º de outubro de 2018 as inscrições para o Prêmio MPT de Jornalismo 2018. Serão premiadas as melhores reportagens publicadas nas categorias jornal impresso e revista impressa, radiojornalismo, telejornalismo, webjornalismo, fotojornalismo e universitário. Veiculadas de 1º de maio de 2017 a 26 de agosto de 2018. Além disso, haverá o Prêmio Especial MPT de Jornalismo, Prêmio Especial Igualdade de Oportunidades e o Prêmio Especial Fraudes Trabalhistas, cujos valores variam entre R$ 5 mil a R$ 30 mil.


Voto liso


A continuar nessa toada, grande parte dos servidores do Estado irá votar sem ver a cor do salário. Mantendo o mesmo calendário, o Governo começará o pagamento no dia 30 e os demais receberão lá pelo dia 12, como vem ocorrendo.


Segue o líder


O vereador Vinicius Porto (DEM) foi escolhido pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) para ser o seu líder na Câmara Municipal de Aracaju. A decisão foi comunicada pelo próprio Edvaldo, em reunião com todos os integrantes da base aliada. VP está no terceiro mandato e conhece bastante os bastidores da Casa.


Parada federal


O candidato a presidente da república, Ciro Gomes (PDT) é mesmo uma “parada”. Esteve em Aracaju no dia 7 de setembro e fez ato no Cotinguiba. Arrogante, tenta melhorar a imagem dizendo que irá socorrer os eleitores endividados e que estão na “secção” especial do Serasa. Já tem gente dizendo para os credores que vai aguardar o Ciro ganhar para, então, acertar as contas. Quá-quá-quá…


As águas vão rolar


Desde quinta-feira (6/07) que Ricahão do Dantas tem novo prefeito. O presidente da Câmara, vereador Pedro da Lagoa (PT) assumiu o cargo em substituição a Gerana Costa (PTdoB) que foi cassada juntamente com o vice, Luciano Góis (PSB), acusados de abuso econômico. O da Lagoa, que não tem nada com isso, assistiu ao desfile de 7 de setembro, de camarote.


Puxando a carroça


Por enquanto, as carroças continuarão circulando pelas ruas de Aracaju. O projeto de autoria da vereadora Kitty Lima (Rede) foi rejeitado pela maioria dos vereadores. No Plenário, ela classificou a rejeição como um retrocesso e uma retaliação pela cobrança que faz contra os parlamentares faltosos. Na porta da Casa, os carroceiros vibraram com o resultado e os burros vão continuar trabalhando, como diz a música.

 

Eita gota!

 

Aracaju, Tomar do Geru, Capela, Cedro, Gararu, Nossa Senhora das Dores e Propriá não atingiram a meta nacional de vacinação contra a poliomielite e sarampo. Terão mais 15 dias para fazer o dever de casa. Mesmo a “conta-gotas”, ainda dá tempo.


Por: César Cabral - 64ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.