Análise realizada pelo Boletim Sergipe Econômico, parceria do Núcleo de Informações Econômicas (NIE) da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES) e do Departamento de Economia da UFS, com base nos dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), indicou que o repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para o estado de Sergipe, no sexto mês do ano, alcançou R$ 223,9 milhões, registrando retração de 7,2% em termos reais (descontando a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor Amplo-IPCA), em comparação com o mês de junho de 2015. Porém, quando comparado com o mês imediatamente anterior, maio último, as transferências apresentaram retração de 17,7%.

Com os dados de junho, as transferências acumuladas do FPE, para o estado, superaram R$ 1,3 bilhão, registrando retração de 10,2%, em termos reais, em relação ao primeiro semestre do ano passado.


Repasse do FPM


O repasse a todos os municípios sergipanos, através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), somou R$ 82 milhões no mês analisado, registrando queda de 9,5% em relação ao mesmo mês de 2015. Já em relação ao mês anterior, maio último, a queda foi mais expressiva, ficando em 17,7%.


No primeiro semestre de 2016, o repasse do FPM acumulou mais de R$ 500 milhões, assinalando queda de 12,4%, em relação ao mesmo período do ano passado, em termos reais.


Repasse do Fundeb


Para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB) as transferências ultrapassaram os R$ 49,4 milhões, no mês analisado, uma retração de 2%, em relação ao mês imediatamente anterior, maio de 2016. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve retração de 2,4%, em termos reais. No primeiro semestre de 2016, o repasse do Fundo foi 12,8% menor que no mesmo intervalo de 2015.


Larissa de Menezes Baracho