A Câmara de Vereadores de Estância subiu sua nota no índice de transparência concedida pelo Tribunal de Contas - SE. A Câmara na gestão do presidente André Graça (PSL), obteve a nota 9,2.


Já a nota da prefeitura de Estância, tendo à frente o prefeito Gilson Andrade (sem partido) caiu. O município obteve 8,7, no índice transparência pública avaliado pelo Tribunal.

 

Em 2017, a prefeitura de Estância obteve a nota 9,5. Na gestão anterior, a transparência ganhou nota 10.

 

Conforme o relatório divulgado internamente pelo TCE, três municípios tiveram nota 10, sendo que um teve nota abaixo de 5,0:

 

Confira:

 

Amparo de São Francisco (5,5), Aquidabã (7,6), Aracaju (9,3), Arauá (8,3), Areia Branca (9,4), Barra dos Coqueiros (10), Boquim (9,3), Brejo Grande (7,1), Campo do Brito (8,5), Canhoba (8,7), Canindé de São Francisco (6,6), Capela (9,3), Carira (8,2), Carmópolis (8,4), Cedro de São João (6,8), Cristinápolis (10), Cumbe (8,3), Divina Pastora (9,5), Estância (8,7), Feira Nova (8,3), Frei Paulo (9,2), Gararu (9,6), General Maynard (8,8), Graccho Cardoso (6,9), Ilha das Flores (8,8), Indiaroba (8,7), Itabaiana (8,1), Itabaianinha (7,6), Itabi (6,7), Itaporanga D’Ajuda (7,4), Japaratuba (7,6), Japoatã (6,7), Lagarto (10), Laranjeiras (8,9), Macambira (9,1), Malhada dos Bois (8,4), Malhador (6,5), Maruim (7,6), Moita Bonita (7,0), Monte Alegre (7,5), Muribeca (6,0), Neópolis (9,9), Nossa Senhora Aparecida (6,5), Nossa Senhora da Glória (4,7), Nossa Senhora das Dores (9,3), Nossa Senhora de Lourdes (8,7), Nossa Senhora do Socorro (7,4), Pacatuba (9,4), Pedra Mole (9,7), Pedrinhas (7,7), Pinhão (7,3), Pirambu (9,4), Poço Redondo (7,3) Poço Verde (6,4), Porto da Folha (7,7), Propriá (8,1), Riachão do Dantas (7,2), Riachuelo (8,1), Ribeirópolis (6,6), Rosário do Catete (8,8), Salgado (8,6), Santa Luzia do Itanhy (9,2), Santa Rosa de Lima (7,6), Santana do São Francisco (6,7), Santo Amaro das Brotas (8,4), São Cristóvão (8,8), São Domingos (6,3), São Francisco (5,9), São Miguel do Aleixo (9,5), Simão Dias (7,2), Siriri (9,0), Telha (7,5), Tobias Barreto (9,3), Tomar do Geru (7,4) e Umbaúba (9,5).


Da Gazeta de Estância.com.br