A deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL-RS) classificou como ratos de gravata os colegas parlamentares que votaram a favor da reforma da previdência. Essa metáfora foi muito mal colocada e a carapuça fez um sobrevoo pelas cabeças de muitos ali presentes.

Pior do que a alusão do “toma lá dá cá”, feito pela gaúcha, foi o constrangimento causado a quem, em outros Governos, usou de expedientes parecidos, e, mais ainda, a quem está enrolado com roubo nas contas dos aposentados. Esses, correligionários da moça, não puderam esconder os sintomas da doença do rato, à flor da pele. Nunca se deve falar em corda na casa de enforcado. Nunca.

 

Meus heróis

 

Em alguns sindicatos, que acham que a classe trabalhadora foi prejudicada com a reforma da previdência, três deputados federais deverão figurar na galeria de honra das referidas instituições. João Daniel (PT), Fábio Henrique (PDT) e Valdevan Noventa (PSC). Espera-se que os três sejam homenageados, indistintamente. Eles merecem!

 

Explode coração

 

Quem achava muito a existência de 35 partidos políticos legalmente registrados no TSE, que se prepare para a avalanche que está a caminho. Cerca de 73 legendas estão em processo de criação, em Brasília. Urge, portanto, uma reforma política, séria, que reduza, substancialmente, esse total. Uns sete partidos, apenas, seria o ideal. Dois de direita, dois de esquerda e três “Maria vai com as outras”, tava de bom tamanho.

 

Só falta você

 

A Conselheira do TCE, Suzana Azevedo, realizou várias reuniões para assinaturas de Termos de Ajustamento de Gestão com os prefeitos dos municípios que integram a área de atuação da sua Coordenadoria. O objetivo é resolver problemas estruturais como falta de higiene, recolhimento das taxas, ordenamento dos feirantes, entre outros. Dos 14 municípios da área da conselheira, apenas Malhador ainda não assinou o referido Termo. Quando estiar, a prefeita Elayne Araújo, certamente, fará o mesmo.

 

Barcos à deriva

 

Pescadores de Propriá estão revoltados com os constantes roubos de pequenos barcos de pesca que veem ocorrendo às margens do rio São Francisco, na cidade ribeirinha. Os marginais devem ser da região e ter bastante conhecimento de navegação fluvial, pois as embarcações somem, sem deixar vestígios. Na última quinta, 11, levaram mais dois.

 

Haja sofrimento

 

Termina nesta segunda, 15/07, o prazo para que os empregados do comércio entreguem ao Sindicato da categoria, uma Carta de Desautorização do desconto da chamada “Taxa Assistencial”, de 8%, em favor do sindicato, criada após o STF determinar que as empresas não podem descontar, em folha, a Contribuição Sindical, que era de 4%.

 

Haja sofrimento 2

 

A sede do sindicato foi “invadida” por uma multidão de trabalhadores, ávidos pra se livrarem desse “encosto”. Entretanto, tiveram que se acotovelar pelos corredores à espera do atendimento que demorava horas a fio, em razão do pouco número de atendentes. Lamentável que, na era da internet, uma simples carta tenha que ser levada, pessoalmente, ao seu destinatário. Não é assim que se defende o trabalhador.

 

A luta continua

 

Aqueles que não conseguiram entregar a Carta e sofreram fora, com a chuva, e dentro, com o calor, têm somente mais um dia (15/07) para sacramentar um direito conquistado com a “combatida” reforma trabalhista. Ande, com uma chuva dessa!

 

TRE em Itabaiana

 

Durante o de julho, os eleitores de Itabaiana recebem o Atendimento Biométrico Itinerante Tribunal Regional Eleitoral, que oferece os serviços de revisão, alistamento, transferência e segunda via de título eleitoral. A ação acontece de a 9 a 17 de julho, no Bairro Queimadas; de 22 a 24 no povoado Bom Jardim e de 29 a 31 no povoado Mangabeira.

 

Pista única

 

Até parece que o DNIT tem aversão à pista dupla. Enquanto a duplicação da BR-101 se arrasta numa preguiça infernal, os trechos em que o órgão consegue duplicar continuam como sendo pista única. São os casos dos trechos Cruz da Donzela/Propriá e Sabe/Entrada de Aquidabã. Liberam o trecho novo e fecham o velho. E assim será no trecho Pedra Branca/Maruim, cujo prefeito, Jeferson Andrade, acreditou que o DENIT reiniciaria a obra no último dia 9. É uma mentira atrás outra, prefeito. Ave-Maria!

 

Ponto a ponto

 

A Fames – Federação dos Municípios do Estado de Sergipe e o Conselho Municipal de Secretários de Saúde estão tentando encontrar uma solução viável para implantar o ponto eletrônico na rede municipal de saúde. Chegou-se à conclusão que é quase impossível, em vários municípios, o cumprimento integral da medida. Assim, vão apresentar ao TCE uma proposta alternativa, nos próximos dias.

 

Sem placa

 

Em meio às fortes chuvas que caíram em Aracaju, vários motoristas perderam as placas dos seus veículos, levadas pela correnteza nas ruas da cidade. Cerca de 150 já foram recolhidas pela SMTT que estará fazendo a entrega, aos respectivos proprietários, a partir de segunda, 15. Como andar sem placa gera uma multa de R$ 293,47 e sete pontos na “cartita”, muitos preferiram comprar uma nova, que custa em torno de 30 mangos.

 

Fórum

 

No dia 25/07 Aracaju terá o Fórum Municipal sobre Finanças, Gestão e Sistemas de Convênios. O evento que será realizado pela Absolutta Assessoria e Consultoria Empresarial e Associação Brasileira de Educadores destina-se a gestores e técnicos que trabalham com convênios o Governo Federal.

 

Pensando bem

 

Se os “bandidos” cochicham entre eles, para roubar o povo, por que os “mocinhos” não podem cochichar para prendê-los?

 

Por: César Cabral - 92ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

A deputada federal Fernanda Melchionna (PSOL-RS) classificou como ratos de gravata os colegas parlamentares que votaram a favor da reforma da previdência. Essa metáfora foi muito mal colocada e a carapuça fez um sobrevoo pelas cabeças de muitos ali presentes. Pior do que a alusão do “toma lá dá cá”, feito pela gaúcha, foi o constrangimento causado a quem, em outros Governos, usou de expedientes parecidos, e, mais ainda, a quem está enrolado com roubo nas contas dos aposentados. Esses, correligionários da moça, não puderam esconder os sintomas da doença do rato, à flor da pele. Nunca se deve falar em corda na casa de enforcado. Nunca.
 
Meus heróis
 
Em alguns sindicatos, que acham que a classe trabalhadora foi prejudicada com a reforma da previdência, três deputados federais deverão figurar na galeria de honra das referidas instituições. João Daniel (PT), Fábio Henrique (PDT) e Valdevan Noventa (PSC). Espera-se que os três sejam homenageados, indistintamente. Eles merecem!
 
Explode coração
 
Quem achava muito a existência de 35 partidos políticos legalmente registrados no TSE, que se prepare para a avalanche que está a caminho. Cerca de 73 legendas estão em processo de criação, em Brasília. Urge, portanto, uma reforma política, séria, que reduza, substancialmente, esse total. Uns sete partidos, apenas, seria o ideal. Dois de direita, dois de esquerda e três “Maria vai com as outras”, tava de bom tamanho.
 
Só falta você
 
A Conselheira do TCE, Suzana Azevedo, realizou várias reuniões para assinaturas de Termos de Ajustamento de Gestão com os prefeitos dos municípios que integram a área de atuação da sua Coordenadoria. O objetivo é resolver problemas estruturais como falta de higiene, recolhimento das taxas, ordenamento dos feirantes, entre outros. Dos 14 municípios da área da conselheira, apenas Malhador ainda não assinou o referido Termo. Quando estiar, a prefeita Elayne Araújo, certamente, fará o mesmo.
 
Barcos à deriva
 
Pescadores de Propriá estão revoltados com os constantes roubos de pequenos barcos de pesca que veem ocorrendo às margens do rio São Francisco, na cidade ribeirinha. Os marginais devem ser da região e ter bastante conhecimento de navegação fluvial, pois as embarcações somem, sem deixar vestígios. Na última quinta, 11, levaram mais dois.
 
Haja sofrimento
 
Termina nesta segunda, 15/07, o prazo para que os empregados do comércio entreguem ao Sindicato da categoria, uma Carta de Desautorização do desconto da chamada “Taxa Assistencial”, de 8%, em favor do sindicato, criada após o STF determinar que as empresas não podem descontar, em folha, a Contribuição Sindical, que era de 4%.
 
Haja sofrimento 2
 
A sede do sindicato foi “invadida” por uma multidão de trabalhadores, ávidos pra se livrarem desse “encosto”. Entretanto, tiveram que se acotovelar pelos corredores à espera do atendimento que demorava horas a fio, em razão do pouco número de atendentes. Lamentável que, na era da internet, uma simples carta tenha que ser levada, pessoalmente, ao seu destinatário. Não é assim que se defende o trabalhador.
 
A luta continua
Aqueles que não conseguiram entregar a Carta e sofreram fora, com a chuva, e dentro, com o calor, têm somente mais um dia (15/07) para sacramentar um direito conquistado com a “combatida” reforma trabalhista. Ande, com uma chuva dessa!
 
TRE em Itabaiana
 
Durante o de julho, os eleitores de Itabaiana recebem o Atendimento Biométrico Itinerante Tribunal Regional Eleitoral, que oferece os serviços de revisão, alistamento, transferência e segunda via de título eleitoral. A ação acontece de a 9 a 17 de julho, no Bairro Queimadas; de 22 a 24 no povoado Bom Jardim e de 29 a 31 no povoado Mangabeira.
 
Pista única
 
Até parece que o DNIT tem aversão à pista dupla. Enquanto a duplicação da BR-101 se arrasta numa preguiça infernal, os trechos em que o órgão consegue duplicar continuam como sendo pista única. São os casos dos trechos Cruz da Donzela/Propriá e Sabe/Entrada de Aquidabã. Liberam o trecho novo e fecham o velho. E assim será no trecho Pedra Branca/Maruim, cujo prefeito, Jeferson Andrade, acreditou que o DENIT reiniciaria a obra no último dia 9. É uma mentira atrás outra, prefeito. Ave-Maria!
 
Ponto a ponto
 
A Fames – Federação dos Municípios do Estado de Sergipe e o Conselho Municipal de Secretários de Saúde estão tentando encontrar uma solução viável para implantar o ponto eletrônico na rede municipal de saúde. Chegou-se à conclusão que é quase impossível, em vários municípios, o cumprimento integral da medida. Assim, vão apresentar ao TCE uma proposta alternativa, nos próximos dias.
 
Sem placa
 
Em meio às fortes chuvas que caíram em Aracaju, vários motoristas perderam as placas dos seus veículos, levadas pela correnteza nas ruas da cidade. Cerca de 150 já foram recolhidas pela SMTT que estará fazendo a entrega, aos respectivos proprietários, a partir de segunda, 15. Como andar sem placa gera uma multa de R$ 293,47 e sete pontos na “cartita”, muitos preferiram comprar uma nova, que custa em torno de 30 mangos.
 
Fórum
 
No dia 25/07 Aracaju terá o Fórum Municipal sobre Finanças, Gestão e Sistemas de Convênios. O evento que será realizado pela Absolutta Assessoria e Consultoria Empresarial e Associação Brasileira de Educadores destina-se a gestores e técnicos que trabalham com convênios o Governo Federal.
 
Pensando bem
 
Se os “bandidos” cochicham entre eles, para roubar o povo, por que os “mocinhos” não podem cochichar para prendê-los?
 
 
Por: César Cabral - 92ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.