Nesta segunda-feira, 26, a diretoria da Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Sergipe – Adepol/SE – se reuniu com o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) para apresentar-lhe demanda legislativa da carreira de Delegado de Polícia, cuja competência é da União.


“Estivemos com o senador Alessandro para fazer uma demanda de alteração legislativa no Código de Processo Penal. Em razão da competência legiferante para a matéria ser privativa da União, nós temos que procurar os nossos representantes no Congresso, sejam deputados federais ou senadores, para que proponham essas alterações, apresentando o devido projeto de Lei”, explicou o presidente da Adepol, Isaque Cangussu.


O Senador recepcionou bem o pleito e se comprometeu a dar o devido encaminhamento. “Recebi hoje o pessoal da Adepol, comandados pelo presidente Isaque Cangussu, e eles apresentaram uma proposta de alteração legislativa no Código de Processo Penal que é bastante oportuna, na medida em que protege melhor e valoriza mais a carreira de Delegado. Deve ter encaminhamento do nosso mandato lá em Brasília”, disse Alessandro.


O presidente da Adepol enfatizou a necessidade de modernizar a legislação. “Procuramos o senador, que além de senador é Delegado de Polícia, então compreende as necessidades pelas quais passa a carreira. A proposta, se aprovada, modernizaria a legislação processual penal, adequando-a à realidade atual, estabelecendo melhor a relação entre o Delegado e o processo derivado do inquérito policial que ele preside”, pontuou.


Além do presidente da Adepol, estiveram presentes: o vice-presidente Adelmo Pelágio, a Delegada Juliana Alcoforado e o assessor jurídico da Adepol, o advogado Guilherme Maluf.

 

Da Assessoria