Depois de ficar fora da política por algum tempo, o empresário José João (DEM) será mesmo candidato a prefeito de Telha, no próximo ano, e terá apoio de outros dois ex-prefeitos.

Domingos Neto será candidato a vereador e Éris de Melo indicará o sobrinho e atual vereador, Breno de Melo, como candidato a vice. José João voltou a tomar gosto pela política e vem conversando com lideranças da região. Caso o médico Valberto Lima (sem partido) seja candidato a prefeito de Propriá, o DEM (de José João) poderá indicar o candidato a vice.


Radar imóvel


Por determinação do presidente Bolsonaro, a Polícia Rodoviária Federal não está mais usando os radares móveis nas rodovias sergipanas. Na verdade, o radar móvel é uma fabriqueta de multas, pela forma como vinha sendo utilizado.


Tal e qual


Infelizmente, o radar fixo que foi implantado em frente à fabrica da Santista, na BR-101, em N.S. do Socorro, ainda continua funcionando, muito embora a unidade industrial esteja fechada há quase dez anos. A sua instalação foi justificada pelas constantes travessias de pedestres, coisa que não acontece mais. A função do equipamento é só arrecadar, malandramente.


Sabe, tanto tempo não lhe vejo


A fábrica de laticínios Sabe, de Muribeca, poderá voltar a produzir. O Grupo Betânia, que tem sede em Limoeiro, no Ceará, está interessado em assumir aquela unidade. Uma equipe cearense esteve essa semana em Sergipe para conhecer de perto as suas instalações e tratar do fechamento do negócio. A Betânia é do Grupo do senador cearense Eduardo Girão (Podemos), amigo do empresário Albano Franco.


Liberal, nada


O Juiz de Direito José Roberto Bernardi Liberal, de Araraquara (SP), deixou de apreciar o pedido de um colega (o também juiz Carlos Eduardo Maciel) porque o mesmo não o tratou, no pleito, por “Vossa Excelência”. A formalidade inusitada contrasta com todo e qualquer princípio de civilidade e cordialidade. Pasmem. O mesmo se chama “Liberal”. Coitados dos réus!


Coerência


O vereador Vinicius Porto (DEM) tem cumprido à risca o seu papel de líder do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). Por conta disso, defende, publicamente, que o seu partido apoie a reeleição do prefeito da capital. Se isto não for possível, VP deverá trocar de sigla.

 

Pagando pra ver


O vereador Américo de Deus (Rede) é autor de um Projeto de Lei que torna a Parada LGBT como Patrimônio Cultural e Imaterial de Aracaju. Se aprovado, o município terá a obrigação de contribuir, financeiramente, com essa festa. O vereador Carlito Alves (PR), evangélico de carteirinha, chutou o pau da barraca e disse que “nem que a vaca tussa” votará a favor dessa blasfêmia. Foi até mais além e criou a Frente Parlamentar em Defesa da Família. Para ele, essa “parada” fere todos os princípios e valores da família e do cristianismo.


Foras da Lei


Cinquenta e nove municípios sergipanos estão infringindo a Lei de Responsabilidade Fiscal e gastam quase tudo que arrecadam com despesas de pessoal. Os casos mais gritantes foram identificados em Canindé de S. Francisco, Riachão do Dantas e Santa Rosa de Lima. Esses três medalhistas (?) estão em palcos de aranha. Canindé passará por uma rigorosa fiscalização, principalmente nas áreas da saúde e da educação. Há quem aposte que nova intervenção será decretada, nos próximos dias.


Dever de casa


Infelizmente, a maioria dos prefeitos sergipanos não se preocupa com serviços essenciais de qualidade, como saúde e educação. Uma realidade que salta aos olhos de qualquer doente ou analfabeto. A superlotação do Hospital João Alves Filho, em Aracaju, só acontece porque até um caso de unha cravada é trazido para a capital. Uma verdadeira indecência!


Beleza na mesa


Todo dia surge uma nova polêmica envolvendo o presidente Jair Bolsonaro e os seus ministros. Tentando jogar “panos quentes” nas declarações do presidente, o ministro Paulo Guedes disse que a primeira-dama francesa, Brigitte Macron, é feia, mesmo. Pronto. A turma que acha ela bonita, caiu de pau em cima do ministro protestando por tê-la rebaixada da condição de “Miss”. Falta de assunto, dá nisso.

 

De mal a pior


O vereador de Laranjeiras, José Carlos Sizino Franco denuncia que a prefeitura não vem repassando corretamente os recursos financeiros ao Hospital São João de Deus, de Laranjeiras. Por conta disso, o atendimento é precário, falta medicamento, material de trabalho e os funcionários não recebem regularmente. O TCE considerou como irregulares as Contas Anuais do Fundo Municipal de Saúde de Laranjeiras, referentes ao exercício de 2015, de interesse de Rosiane Gomes Souza. No fundo, no fundo, as coisas não vão bem.


Enquanto isso...


A Câmara de Vereadores de Propriá aprovou uma Moção parabenizando toda a equipe administrativa e médica do Hospital Regional São Vicente de Paula pelos bons serviços que vem realizando, sendo inclusive uma referência na região. O secretário estadual da Saúde, Valberto Lima, acertou ao nomear Patrícia Britto para comandar aquela unidade.

 

Por: César Cabral - 99ª Edição da Coluna na Gazeta de Estância
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.