“Quem cuida da água de Arac aju é o governo do Estado. Desejo que não falte. Mas, se faltar água,” afirma Valadares, que Jackson Barreto aja como homem e não fuja de sua responsabilidade.

O recado foi enviado pelo senador Antonio Carlos Valadares em postagem numa rede social, ao tomar conhecimento de mais um episódio de agressão patrocinado pelo governador Jackson Barreto, no programa de George Magalhães, na 103FM.

 

Em Brasília, onde participa de sessão no Senado Federal, o senador foi surpreendido com a informação da ação ardilosa, perpetrada pelo governador em programa de rádio abastecido com dinheiro do contribuinte.

 

Por três horas, George Magalhães se prestou a ficar fazendo falsas insinuações de que os senadores Valadares e Eduardo Amorim, teriam agido junto ao governo federal pra prejudicar 1 milhão de sergipanos em decorrência de iminente desabastecimento de água na grande Aracaju.

 

“Sou um político que, diariamente, estou no Senado ou nos ministérios lutando por Sergipe, cumprindo com o meu dever e, por isso, com indignação repudio essas agressões absurdas.”

 

Continuou Valadares: “Não conseguindo administrar os destinos de Sergipe como deveria, e na iminência de enfrentar um colapso no abastecimento d’água em Aracaju, Socorro e São Cristóvão, Jackson Barreto tenta desviar o foco de seu desgoverno ao transferir para terceiros responsabilidades que lhe cabem.”

 

Valadares já determinou que as gravações sejam encaminhadas à assessoria jurídica para providências.

 

Por Eliz Moura