Nessa madrugada, ao chegar ao aeroporto de Aracaju, o senador Eduardo Amorim e demais parlamentares que também desembarcaram de Brasília, foram surpreendidos por um grupo de manifestantes com ovadas e chacotas.

Eduardo não hesitou em ir até a delegacia prestar queixa do ocorrido. “O manto da democracia não deve cobrir agressões praticadas por covardes. Estou com a minha consciência tranquila. Votei sim, pelos meus princípios, valores, e pela situação que o povo brasileiro está vivendo.

 

Nada me intimidará e muito menos diminuirá o meu trabalho”, ressaltou o parlamentar, que disse aguardar o resultados das imagens do circuito interno do aeroporto. “De prontidão, a Polícia Federal solicitou a Infraero as imagens referente. Esperamos que sejam todos identificados”, concluiu Eduardo.

 

Assessoria de Imprensa
Senador Eduardo Amorim (PSC-SE)