Originalidade, emoção e uma mistura de ritmos vão invadir o teatro Atheneu dia 4 de novembro, durante o show de lançamento do álbum “Feito a dois”, novo projeto musical de Pedro Luan, filho do cantor Rogério. “Feito a dois” é uma linda homenagem que representa a relação que pai e filho sempre tiveram e mostra a inspiração que Rogério foi e é na vida de Pedro Luan.

As canções do saudoso compositor de “Sergipe é o país do forró”, que levou o nome do nosso estado para além fronteiras, ganharam uma nova roupagem ao serem interpretadas pela harmonia com que Pedro Luan as gravou. No CD, o cantor apresenta releituras de algumas canções de Rogério e também traz composições suas, lançando assim sua carreira no cenário musical sergipano.


Uma grande surpresa para os fãs é a música “Dor de solidão”, composta por Pedro Luan e gravada pelo seu pai antes de morrer. Nela, a emoção fala mais alto quando a voz suave do filho se une à interpretação marcante do pai. Pedro Luan conta que “Dor de solidão” foi a sua primeira composição e assim que mostrou ao pai, despertou nele o interesse de gravá-la no disco que estava projetando. Após isso, Rogério ficou doente e não conseguiu concluir o álbum, mas a gravação da sua voz ficou arquivada no estúdio.


Para Pedro Luan a música representa um detalhe final para fechar essa relação, o pai gravando sua primeira composição e ele agora gravando músicas do pai. “Nesse dueto é como se nós estivéssemos juntos mesmo. No momento em eu que estava gravando essa música no estúdio, com o fone no ouvido e de olho fechado, parecia que meu pai estava do meu lado. Foi uma experiência magnífica”, declara.


Dos músicos que estão nesse projeto com Pedro Luan, a maioria tocava também com seu pai, como Alex Marques, que além de já ter feito parte da carreira de Rogério, foi o produtor do “Feito a Dois”. “Estar participando desse projeto com Luan depois de tudo que eu vivi e passei com Rogério para mim é uma satisfação imensa, ele tem uma característica própria, mas a influência do pai é o principal, Rogério era pura música”, diz.


A cantora sergipana Amorosa conta que Pedro Luan já revelava seu talento na infância, desde quando se tornou um intérprete de músicas cristãs. “A primeira vez que o ouvi, fiquei encantada e disse ao pai: ‘é seu sucessor’”, revela. O show contará com duas participações especiais que foram escolhidas por terem relação com o homenageado, as de Thiago Ruas e Fogo no Beco, banda de Estância, que inclusive lançará nesse dia uma música feita em homenagem ao cantor Rogério.


Pedro Luan faz um convite especial a todos que acreditam no seu trabalho e admiram o legado do seu pai. “Esse CD é o resultado de noites convertidas em projeto, em trabalho e em dedicação e o show promete ser um momento de confirmação de tudo aquilo que foi pensado, de integração entre eu e o público, onde revelo para os espectadores o resultado desse sonho”, explica ele.


Os ingressos custam R$ 15,00 (meia entrada) e estão à venda em Pequenas Manias (Shopping Jardins), Massapê (Shopping Riomar), Drogaria Pharmax (Av. Pedro Calazans, 947) e na bilheteria do Teatro Atheneu. Os CDs também estão sendo vendidos na Pequenas Manias e na Pharmax.

 

Assessoria