Na semana do Bibliotecário, a prefeitura de Estância deixa a importante Biblioteca Irmão Madalena de portas fechadas.

De acordo com Radialista e Jornalista, Magno de Jesus, quando Ivan Leite era prefeito, o gestor colocou duas pessoas na Biblioteca, uma pela manhã e outra pela tarde. Segundo ele, o ex-prefeito Carlos Magno teve a sensibilidade e colocou também um servidor.

 

“Os estudantes que precisam realizar suas pesquisas na biblioteca se deparam com as portas fechadas”, disse Magno.

 

Na tarde de hoje, 16, o comunicador e presidente municipal do PDT, usou as redes sociais para lamentar o ato do Poder Público.


Confira o comentário:

 

LAMENTÁVEL - Hoje comemora-se o Dia do Bibliotecário e a mais nova biblioteca de Estância, a Biblioteca Comunitária Irmã Madalena, localizada no Conjunto Pedro Barreto Siqueira, bairro Alagoas, encontra-se de portas fechadas. Por que? Essa casa de leitura, foi criada pela Associação de Moradores do Conjunto Pedro Barreto Siqueira, tendo á frente o líder comunitário Marcos Alberto de Jesus, conhecido por Marcão. Esta biblioteca é modelo em Estância, possui um acervo que as outras não tem. Mas lamentavelmente por falta de uma pessoa para abrir e fechar a biblioteca, ela se encontra fechada e ausente das centenas de meninos e meninas estudantes que moram nesse conjunto. Na administração passada, o gestor, mesmo o presidente fazendo oposição a ele, colocou uma funcionária da prefeitura para servir à "Irmã Madalena". O que está acontecendo hoje? A Biblioteca vai ou não abrir as portas para os estudantes estancianos?


Da Gazeta de Estância.com.br