Cowboy fora da lei

O vezeiro presidenciável, Ciro Gomes,vez por outra mostra o quanto é desprovido de polidez, urbanidade e bons costumes. Certa vez, candidato à presidência da República, concedeu entrevista coletiva no Aeroporto de Aracaju e tratou com arrogância os repórteres que lá estiveram. Grande na altura, mas, muito pequeno no trato com as pessoas, teve, naquela eleição uma votação pífia, compatível com a sua proposta de Governo. Agora, eis que ele reaparece na mídia nacional e nas redes sociais dizendo que, “caso o Juiz Sérgio Moro mande prendê-lo, receberá a turma do juiz na bala”. Isso foi o bastante para a satisfazer a sua incontrolável necessidade de “aparecer”. Ridículo, despreparado e prepotente. Nisso, ele é nota 10.

 

Água cortada

 

Os moradores dos povoados Fazendinha e Mata do Cipó, no município de Siriri, estão passando por dificuldades em razão de que, por questões meramente políticas, os Poços Artesianos que abastecem aquelas comunidades tiveram os seus acessos bloqueados pelos donos das propriedades onde estão instalados, provocando total desabastecimento. Privar pessoas de água é crime injustificável. 

 

Caso de polícia 

 

As declarações do sindicalista Antônio Moraes dando conta de que existemcomunicadores extorquindo gestores, causou um tremendo mal estar na imprensa sergipana. O buxixo revelado por uma tal fonte “confiável” ocorre,com mais frequência, no Vale do Cotinguiba. Os profissionais que exercem com dignidade a profissão, aguardam, ansiosos, que a denúncia seja, urgentemente, apurada. Essa onda, pega mal.

 

Fique de olho

 

Sete (dos nove) vereadores de Rosário do Catete que fazem oposição ao prefeito Vino Barreto (DEM) estão dispostos a “engessar” a sua administração, travando o Orçamento do município. No final, a maldade acabará penalizando a população, que não tem nada a ver com essa picuinha. 

 

Conversa mole

 

Tudo o que for dito sobre reforma política não passa de lero-lero. Nada, ou quase nada, mudará para o próximo pleito. Nem mesmo a tal lista fechada será aprovada. Os partidos nanicos vão continuar e o povo permanecerá votando num candidato e elegendo outro.

 

Prioridade

 

O prefeito de Santa Rosa de Lima, Luiz Roberto Júnior (PSD) elegeu o servidor público como prioridade da sua administração. Nos três primeiros meses, vem pagando os salários dentro do mês e quitou a folha de dezembro,que foi esquecida pela gestão anterior. 

 

Lei do malandro 

 

Todos os políticos suspeitos de terem recebido dinheiro sujo para campanha, são unânimes em afirmar que tudo foi contabilizado dentro da Lei. Interessante, não?

 

Humilhação

 

Os aposentados que procuram o Sergipe Previdência, na Praça da Bandeira, em Aracaju, são humilhados e maltratados. De forma desumana, ficam, aos montes, horas e horas, esperando por um simples atendimento. Para retirar comprovante de rendimento ou para pedir a mais elementar informação, passam por mal bocados. Lamentável!

 

Acordo fechado

 

O deputado estadual Gustinho Ribeiro (PRP), pré-candidato a deputado federal, será votado em Tobias Barreto pelo grupo formado por Antônio Nery, César Prado, Bêta e o ex-prefeito Dilson de Agripino. No pacote, a turma de Tobias indicará um integrante do grupo para ser candidato a deputado estadual.

 

Movimento parado

 

O Dia Nacional de Luta rumo à greve geral, movimento proposto pelas Centrais Sindicais, foi muito aquém do esperado. Não houve adesão da população e o que se viu na Praça General Valadão foi o mesmo blá-blá-blá de sempre. 

 

Pensando bem

 

A prisão de cinco dos sete Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, é, literalmente, um exemplo de que, neste país, não tem Bobo na Corte.

 

 

Por: César Cabral

Desenho: Bezerra Frank Desenhos

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.