Continua crescendo as especulações de que o deputado federal André Moura (PSC), poderá desistir da reeleição e disputar o governo do estado em 2018.

Líder do governo no Congresso, André Moura afirmou na manhã desta sexta-feira (05), que sua meta é disputar a reeleição, mas que irá atender as indicações de seu grupo. André disse ainda que “meu projeto é ser candidato à reeleição, mas continuarei à disposição do grupo”, disse o parlamentar e voltou a afirmar que o empresário Edvan Amorim o tem incentivado para continuar fazendo visitas aos municípios do interior do estado e conversar com eleitores e lideranças. “Quero deixar claro que faço política de grupo e que só vou discutir a eleição em 2018”, disse o parlamentar.

 

Ainda durante a entrevista, André falou sobre a reforma trabalhista e afirmou que “a proposta da reforma da previdência traz o que há de melhor juridicamente no mundo. É preciso entender que os sindicatos só se posicionaram contra a reforma trabalhista por causa do fim da contribuição obrigatória”, disse.

 

Sobre a oposição, André Moura disse que o grupo continua unido e tudo é discutido de forma conjunta e “não é preciso ter um líder. O que prevalece é decisão do grupo que é discutida de forma democrática”, explicou.

 

Por Munir